Logo Bandeirante

Acesso ao Webmail

TECNOLOGIA AEROESPACIAL PARA A EDUCAÇÃO

Get Adobe Flash player

NORMAS DE SEGURANÇA

  1. Materiais. O espaçomodelo deverá ser confeccionado apenas com materiais leves tais como papel, madeira, borracha e plásticos adequados à sua potência e desempenho. Não poderão utilizar metais no cone da ogiva, corpo ou aletas do modelo.
  2. Motores. Utilizar somente motores foguete industrializados certificados pela BVM e da forma recomendada pelo fabricante. Não modificar os motores, suas partes ou componentes de nenhuma forma.
  3. Recuperação. O espaçomodelo deverá ser sempre equipado com um sistema de recuperação que irá garantir um retorno suave e seguro ao solo de forma a permitir a sua reutilização.
  4. Limites de peso e potência. O espaçomodelo não poderá pesar mais de 1.500 gramas ao ser lançado e seu motor foguete não poderá produzir mais de 320 Newtons segundo de impulso total. O espaçomodelo não poderá pesar mais do que o peso máximo de decolagem recomendado pelo fabricante do motor e ainda, só utilizar os motores foguete recomendados pelo fabricante do espaçomodelo.
  5. Estabilidade. Checar a estabilidade do espaçomodelo antes de seu primeiro vôo, exceto quando estiver lançando um modelo de estabilidade já comprovada.
  6. Cargas úteis. O espaçomodelo nunca irá carregar animais vivos (exceto insetos) ou carga útil que seja inflamável, explosiva ou prejudicial em qualquer sentido.
  7. Local de lançamento. Sempre lançar espaçomodelos ao ar livre em uma área aberta, sem árvores altas, linhas de força, prédios ou vegetação seca. A área de lançamento escolhida terá, no mínimo, as dimensões recomendadas na tabela abaixo:

  8. Impulso total [N.s]

    Tipo de motor equivalente

    Dimensões mínimas [m]

    0,00 - 1,25

    ¼ A, ½ A

    15,24

    1,26 - 2,50

    A

    30,48

    2,51 - 5,00

    B

    60,96

    5,01 - 10,00

    C

    121,92

    10,01 - 20,00

    D

    152,40

    20,01 - 40,00

    E

    304,80

    40,01 - 80,00

    F

    304,80

    80,01 - 160,00

    G

    304,80

    160,01 - 320,00

    Dois G’s

    457,20

     


  9. Rampa de lançamento. Sempre lançar o espaçomodelo utilizando uma plataforma estável que forneça direcionamento até que o modelo tenha atingido uma velocidade que assegure trajetória de vôo segura. Para evitar ferimentos acidentais aos olhos sempre colocar a rampa de lançamento de forma que a extremidade superior da vareta guia esteja acima do nível dos olhos ou então, colocar a trava na vareta quando for aproximar-se. A vareta guia será desmontada ou travada quando não estiver em uso e nunca guardá-la na posição vertical. A rampa possuirá uma placa defletora para evitar que o chão seja atingido diretamente pelos gases de exaustão do motor foguete. Sempre limpar a área ao redor do dispositivo lançador retirando vegetação seca e outros materiais de fácil combustão.
  10. Sistema de ignição. O sistema utilizado para lançar um espaçomodelo deverá ser controlado à distância e operado eletricamente. O dispositivo irá contar com um botão de lançamento que retornará à posição desligado quando for liberado. O sistema deve possuir uma chave de segurança removível em série com o botão de lançamento. Todas as pessoas deverão permanecer a uma distância mínima de 5 metros do espaçomodelo quando estiver efetuando a ignição de motores foguete totalizando um impulso total de até 30 Newtons segundo, e a uma distância de pelo menos 6 metros, no caso de motores com impulso total maior. Utilizar apenas ignitores elétricos recomendados pelo fabricante dos motores e estes ignitores irão acionar os motores foguete dentro do período de 1 segundo após a atuação no botão de lançamento.
  11. Segurança no lançamento. Deve-se assegurar de que as pessoas nas proximidades estão cientes da localização do espaçomodelo e de seu lançamento antes de iniciar a contagem regressiva audível de 5 cinco segundos. Não lançar o espaçomodelo de forma a direcioná-lo contra um obstáculo. Se a ignição falhar, não permitir que ninguém se aproxime do modelo e do lançador até que seja certificado de que a chave de segurança foi removida ou de que as pilhas foram desconectadas ou retiradas do sistema de ignição. Espere até 1 minuto antes de permitir a aproximação de qualquer pessoa após a ocorrência de uma falha.
  12. Condições de vôo. Só lançar o espaçomodelo quando a velocidade do vento for inferior à 30 km/h. Não lançar o espaçomodelo para dentro de nuvens, próximo à aeronaves em vôo ou de forma a causar danos a pessoas ou propriedades.
  13. Teste de pré-lançamento. Quando estiver conduzindo atividades de pesquisa com foguetes experimentais ou projetos de espaçomodelos não testados, quando possível, determinar a sua confiabilidade através de testes de pré-lançamento. Deve-se realizar o lançamento de modelos não testados em completo isolamento de pessoas que não estejam efetivamente participando do experimento.
  14. Ângulo de lançamento. O dispositivo de lançamento será posicionado de maneira a formar um ângulo de, no máximo, 30 graus com a vertical. Jamais utilizar motores de espaçomodelos para propulsar qualquer dispositivo horizontalmente.
  15. Riscos do processo de recuperação. Se o espaçomodelo ficar preso em uma linha de força ou em outro local que ofereça risco, não tentar recuperá-lo.
  16. Sempre manter alguem vendo toda a trajetória do foguete e informando onde será o pouso
Fonte: Tradução das normas de segurança da NAR (National Association of Rocketry EUA)

2010 | BANDEIRANTE - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por: iSOFTY